Resíduos sólidos está entre os destaques da BW Expo

O tema sobre resíduos sólidos está entre os destaques do grande evento da BW Expo, Summit e Digital 2020. Com a finalidade de tratar dos principais assuntos ligados à sustentabilidade ambiental, acontece entre 17 e 19 de novembro, a partir das 14h00.  A inscrição para acompanhar a programação é gratuita e pode ser feita neste link.

De acordo com Luiz Gonzaga, diretor-presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), a expectativa é que o evento contribua efetivamente para a sociedade brasileira avançar em vários temas, criando caminhos para concretização. “Em geral, o brasileiro ainda joga lixo pela janela do carro ou em qualquer lugar. Mas, podemos contribuir para que o cidadão saiba diferenciar resíduos de lixo, por meio de programas e ações bem elaborados que se tornem agentes de transformação”, afirma o curador do Núcleo Resíduos Sólidos da BW.

Nesse sentido, um dos temas tratados é a sustentabilidade econômica e financeira para o setor de resíduos. A palestra terá a participação de dois renomados especialistas. Márcio Matheus é presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (SELURB) e do Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana no Estado de São Paulo (SELUR). Já Carlos Rossin é diretor de Sustentabilidade do SELURB.

Diógenes Del Bel, assessor da diretoria da Abetre, tratará sobre o Pacto Global do setor de limpeza urbana e resíduos sólidos. Sem dúvida, é uma iniciativa muito importante para o setor. Isso porque ela visa fortalecer as práticas de governança corporativa. Além disso, objetiva proteger o segmento de condutas indevidas, seja em práticas internas ou na celebração e execução de contratos com o poder público.

MTR e SNIR

O curador do Núcleo Resíduos Sólidos fará uma apresentação com a participação do engenheiro químico Odilon Amado. O tema trata do SINIR (Sistema Nacional de Informações sobre Gestão Resíduos Sólidos) e do MTR (Manifesto de Transporte Resíduos). Amado foi responsável pela estruturação, desenvolvimento e implantação dos Sistemas MTR nos Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

No final de junho deste ano, houve a assinatura da portaria 280 do Ministério do Meio Ambiente. Com isso, o MTR tornou-se uma ferramenta obrigatória em nível nacional. Ele é capaz de rastrear a massa de resíduos, controlando a geração, armazenamento temporário, transporte e destinação.

O evento, totalmente virtual, terá transmissão pelo site oficial. Serão mais de mais de 100 horas de conteúdo, atividades interativas, ações de relacionamento e de negócios e exposição de produtos, serviços e tecnologias.

Organização


Nossas Redes Sociais


Desenvolvido por